8 de março de 2011

Os Melhores Filmes de Guerra (em construção)
Ora bem, isto vem reformar ou actualizar (e não só porque se pensou melhor sobre o assunto como o conhecimento foi entretanto dilatado) esta lista que fiz. Como cada vez menos sou dado a tops, aqui fica uma lista aleatória, sem primeiros e segundos e por aí fora, dos melhores filmes de guerra (filmes de guerra e não filmes sobre a guerra) que conheço.

Ivanovo Detstvo - Andrei Tarkovsky (1962)
Idi i Smotri - Elem Klimov (1985)
Platoon - Oliver Stone (1986)
Lawrence of Arabia - David Lean (1962)
The Thin Red Line - Terrence Malick (1998)
Full Metal Jacket - Stanley Kubrick (1987)
Apocalypse Now - Francis Ford Coppola (1979)
All Quiet on the Western Front - Lewis Milestone (1930)
Ballada o Soldate - Grigori Chukhrai (1959)
The Big Red One - Samuel Fuller (1980)
Fixed Bayonets! - Samuel Fuller (1951)
The Steel Helmet - Samuel Fuller (1951)
Patton - Franklin J. Schaffner (1970)
Battleground - William A. Wellman (1949)
Battle of the Bulge - Ken Annakin (1965)
Cross of Iron - Sam Peckinpah (1977)
Letters from Iwo Jima - Clint Eastwood (2006)
The Young Lions - Edward Dmytryk (1958)
Letyat Zhuravli - Mikhail Kalatozov (1957)
In Harm's Way - Otto Preminger (1965)
A Bridge Too Far - Richard Attenborough (1977)
MASH - Robert Altman (1970)
The Longest Day - Ken Annakin, Andrew Marton, Bernhard Wicki, Darryl F. Zanuck (1962)
Paths of Glory - Stanley Kubrick (1957)
Voskhozhdeniye - Larisa Shepitko (1977)
Lebanon - Samuel Maoz (2009)

15 comentários:

Sam disse...

Boa lista.

Só parece "faltar" o A GRANDE EVASÃO, de John Sturges :)

Cumps cinéfilos.

Álvaro Martins disse...

Porque nunca o vi Sam :) mas faltarão mais certamente, há "Powells" e "Pressburgers" que ainda não vi, o Sergeant York do Hawks também ainda não vi, irá com o tempo ;)

Rafael Fernandes disse...

A grande Evasão é de facto muito bom, e uma falha. Mas também acho que o Resgate do Soldado Ryan merece estar nessa lista, bem como o Pianista. Também gostei bastante do filme Silmido, e da Valsa com Bashir :)

João Gonçalves disse...

é um género que conheço pouco. Ainda me faltam ver muitos da lista

My One Thousand Movies disse...

Já agora também te deixo-te uma sugestão Álvaro.
Um filme de uma realizadora russa chamada Larisa Shepitko, que por acaso até era casada com o Elem Klimov, e que se chama "A Ascenção". É um dos grandes filmes de guerra que vi até hoje.
Podes encontrá-lo no meu blog. Vai ao marcador com o nome da realizadora :)

Álvaro Martins disse...

Rafael, na minha opinião o Saving Private Ryan não merece, excepto a realização nos momentos das batalhas o filme não vale nadinha. O filme do Polanski não é filme de guerra, é um filme sobre a guerra ou sobre a resistência humana à guerra como o Schindler´s List ou o La Vita è Bella. Esse Silmido nunca vi mas já pesquisei e inclusivamente no imdb vem referenciado como drama e acção. E o Waltz with Bashir é uma animação sobre o pós-guerra, sobre as memórias da guerra e do que ficou.

João, por acaso é um género de que gosto muito :p

Chico, obrigado pela sugestão, agora fiquei muito curioso ;)

DiogoF. disse...

Ainda não vi todos mas, dos que vi, é por todos uma grande lista, sem tirar nem pôr.

Rafael Fernandes disse...

Foi só a minha opinião... o que é um filme de guerra ou não é uma linha ténue, mas sendo assim também a grande Evasão não é um filme de guerra. É mais um filme de "prisão" já que trata da fuga de um campo de prisioneiros, e guerra propriamente dita não existe.

Quanto ao Silmido, é a história de um grupo de presos, que em vez de serem executados vão para um campo de treino, para fazer parte de um mini exército com vista a executar um golpe de estado, que talvez não se enquadre bem no género que definiste para essa lista, mas que podes aproveitar a sugestão para ver.

A Valsa com Bashir é tudo o que disseste, mas duma maneira ou de outra, tens bastantes cenas de guerra, apesar de ser construído através de recordações deterioradas com o tempo.

Entretanto lembrei-me do filme Deer Hunter que também é grande filme, e que pode integrar essa lista. Bem como o No Man's Land, também ele fantástico.

Álvaro Martins disse...

Ó Rafael eu sei que só deste a tua opinião, tu deste a tua e eu dei a minha, não te censurei, amigos à mesma eheh :)

Não sei se viste a outra lista, a que referi e que fiz primeiramente em 2009 salvo erro. O Pianista estava lá, o The Deer Hunter também, mas esses não são filmes de guerra propriamente ditos (embora o Pianista seja capaz de se considerar, é um caso a pensar melhor), principalmente o filme do Cimino que é um filme sobre o antes, o durante (e o durante é a fase mais curta) e o pós-guerra (neste caso a do Vietnam), é um filme sobre a guerra e sobre as consequências da guerra (o Waltz with Bashir é similar) e não um filme de guerra.

Sam disse...

LÍBANO, de Samuel Maoz: talvez dos mais intensos filmes de guerra dos últimos anos.

Álvaro Martins disse...

Aí está um que gostei muito e que me esqueci completamente Sam, tens toda a razão. Já lá está ;)

Rafael Fernandes disse...

Ok ok.. tens razão. Eu lembrei-me do Líbano, original, interessante, mas confesso que não gostei muito :\

Então e o No Man's Land, não referiste, já viste?

Álvaro Martins disse...

Não, ainda não vi, mas já conhecia o filme só que torci-lhe logo o nariz por causa do realizador, isto porque vi o L'enfer e não gostei nada. Mas qualquer dia verei :)

Anónimo disse...

a infância do ivan? a sério? :| além de ser de longe o pior filme do tarkovsky, é bastante fraquinho

Enaldo disse...

Eu também entendo que Saving Private Ryan merecia estar nesta lista.