6 de dezembro de 2010

Kubrick ou Tarkovsky?

23 comentários:

Roberto Simões disse...

Essa pergunta é que já não se faz ;)

O Homem Que Sabia Demasiado disse...

Complicadíssima resposta.

Foram dois génios absolutos, dois visionários, cada um à sua maneira, cada um com a sua própria linguagem.

por isso não arrisco a resposta.

My One Thousand Movies disse...

Idem, idem, aspas, aspas.
Em relação ao Victor. :)

Flávio Gonçalves disse...

Tarkovsky.

Neuroticon disse...

Tarkovksy

Rato disse...

KUBRICK! E sem qualquer dúvida!

João Palhares disse...

Tarkovski for the win!

Sam disse...

Kubrick!

Billy Rider disse...

KUBRICK, claro!

Beatrix Kiddo disse...

Tarkovsky

Anónimo disse...

Tarkovsky, absolutamente

Dezito (André Sousa) disse...

Kubrick

João Gonçalves disse...

São muito diferentes, arrisco Kubrick, é mais completo. Mas Tarkovsky é génio mesmo.

João Gonçalves disse...

Já agora, basta colocarem-me um excerto do Offret ou do Stalker que mudo logo de opinião :P

LN disse...

Tarkovsky a muitas milhas. Puro. Génio. O Kubrick tem muito mármore, ícone, melómano e o caralho, é distante do sangue quente. Há mesmo quem o arrase até ao nível do patético, um certo pensamento pós-moderno; eu não sou tão radical, apesar de ver os filmes dele e senti-los datados, como uma escultura de pedra. Ah, e não percebo o fascínio por filmes como o Laranja, Shinning ou Eyes Wide Shut. Medianos para espectadores médios. Viva o Godard o Bergman o Hitchcock o Ford e o Guy Maddin.

DiogoF. disse...

São os dois uns génios à sua maneira e os dois têm filmes que coloco na lista dos meus favoritos. Porém, o Kubrick ocupa muitos mais lugares dessa lista, e nutro por ele uma admiração mais profunda.

Não há um melhor do que o outro, mas há um que prefiro, que é K..

DiogoF. disse...

São os dois uns génios à sua maneira. Ambos têm filmes que ocupam lugar na minha lista de all-time favorites. Não havendo um melhor do que outro, há um que tem mais filmes nessa lista e por quem nutro uma maior admiração: Kubrick.

Beatrix Kiddo disse...

"And if I know for sure that I'm a genius? Why write then? What the hell for? "

Álvaro Martins disse...

Roberto, faz sim senhor ;)

Victor e Chico, não acho que o Kubrick tenha sido um génio. Já houve tempos em que achei mas hoje em dia não. E se virmos bem, Kubrick só tem um filme que se possa comparar (termos qualitativos) com qualquer um de Tarkovsky, o 2001. Agora Tarkovsky...

Flávio, Neuroticon, João Palhares, Beatrix e anónimo, eu também ;)

Rato, Sam, Billy Rider e DiogoF, é a vossa opinião :)

João Gonçalves, não acho que Kubrick seja mais completo. Completo em quê? Em fazer filmes de variados géneros? O outro fê-lo também. Em todos os filmes de Tarkovsky encontram várias variantes de géneros.

Diogo, gostei muito do My Winnipeg. Mudou a minha opinião do homem, mas tenho de ver mais dele e rever o Saddest a ver se agora vai eheh

LN disse...

Revê revê, :b

O My Winnipeg é ele domado... gosto mais dele a dar nos ácidos/cogumelos modernistas... do Careful, Dracula: Virgin Diaries, Ice Nymphs, o Saddest, Coward Bends The Knee... e também tem uma colecção de curtas extraordinária.

Neuroticon disse...

Só discordo quando dizes que "se virmos bem, Kubrick só tem um filme que se possa comparar (termos qualitativos) com qualquer um de Tarkovsky"...
Parece que estamos a minimazar aqui o génio que foi Kubrick.
Porque sim, Kubrick também foi um génio ;)

Álvaro Martins disse...

Não estou a minimizar nada Neuroticon, estou é a engrandecer o Tarkovsky. Porque génios à parte (se Kubrick foi génio então houve génios p'ra dar e vender no cinema), como o Tarkovsky ainda está para nascer igual. Kubrick (que adoro, atente-se) não teve aqueles rasgos de génio em mais nenhum filme senão o 2001. Esteve perto com o Laranja e o Full Metal Jacket, mas nenhum dos dois(e são indiscutivelmente grandes filmes) chega ao patamar do 2001. Só isso. E por isso não considero génio, mas foi um dos grandes sim.

J disse...

Pergunta estúpida e comentários partidários idem...