30 de janeiro de 2011

Qual o melhor filme de Hitchcock? Estou dividido entre o Rear Window e o Spellbound.

27 comentários:

Neuroticon disse...

Vertigo ou Rear Window.

Mas pessoalmente, gosto mesmo muito do Rope... acho que é o meu preferido! :)

Álvaro Martins disse...

Ou o Vertigo sim, nem me lembrei dele ;) também gosto muito do Rope mas acho que qualquer um destes três que falámos são melhores. Mas é grande filme sim é.

Neuroticon disse...

A temática mais filsófica sobre a morte e sobre o über mensch fascina-me mais...

Psycho também é grande! Porra, até o Bergman gostava desse ;)

Álvaro Martins disse...

Sim, o Psycho, o North by Northwest, o Rebecca... são quase todos grandes. Acho é que o Rear Window é o melhor filme jamais feito sobre o voyeurismo, a maravilha do décor, os espaços, o Stewart e a Grace Kelly... e o Spellbound é o filme mais obscuro dele.

João Gonçalves disse...

Rear Window sem dúvida alguma. Mas logo depois o Rope, Dial M for Murder e o Vertigo.

O Homem Que Sabia Demasiado disse...

Difícil resposta. Rope. Ou Birds. ou Vertigo. E todos os outros não mencionados. Difícil resposta...

Ricardo Vieira Lisboa disse...

vertigo ou birds

Rato disse...

Entre "VERTIGO" e "NORTH BY NORTHWEST" não me consigo decidir...

O Rato Cinéfilo

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Fico entre PACTO SINISTRO e LADRÃO DE CASACA.
Abraços

www.ofalcaomaltes.blogspot.com

Flávio Gonçalves disse...

Para mim, ou o Rear Window ou Rebecca. Já do Rope gosto menos, mas é um filme óptimo, como todos do Hitchcock que vi. Nunca vi o Spellbound :)

LN disse...

Como fãzissimo do Hitch, é muito muito díficil escolher ou, sequer, dizer «é x» o melhor. Não existe isso em cineastas do nível do Hitch. Mas tenho uma pancada «cult» maior por o North by Northwest e o 39 Steps, talvez. O North by Northwest, penso que é, ao lado do Rear Window, o filme onde o Hitch está no seu melhor estado de graça, no período James Stewart e, possivelmente, de toda a carreira. É nestes filmes que o talento e génio dele se torna mais eloquoente, virtuoso, equilibrado, mágico, então o North... é absolutamente genial, incrível. Posso dizer que é o melhor filme de sempre quando me apetecer, hoje, daqui a 20 anos... não são muitos filmes que teem esse privilégio do atemporal, mesmo que se pense o contrário, e lançamos sem pensar qualquer pato para o prato dos génios. Não conheces o 39 Steps? Mas também adoro o Psycho, Vertigo, todos os que já vocês referiram, o Dial M for Murder é outro gigante, Strangers on a Train, Man Who Knew too Much, I Confess, enfim... já não se fazem destes nunca mais.

Álvaro Martins disse...

Sim conheço o 39 Steps Diogo, já o vi há muitos anos (como tudo a que diz respeito a Hitch), mas tenho de o rever porque já não me lembro bem. Hitchcock foi um dos primeiros cineastas que conheci quando comecei a ver cinema com "outros olhos", tenho quase tudo em vhs duma colecção que saiu há uns aninhos largos, vinha com uns destacáveis onde trazia a entrevista de Truffaut. Já era tempo de sair em dvd eheh

Billy Rider disse...

Impossível escolher um único. Pelo menos 7, para cada dia da semana:

Segunda: "Strangers on a Train"
Terça: "Dial M For Murder"
Quarta: "Vertigo"
Quinta: "The Man Who Knew Too Much" (2ª versão)
Sexta: "Psycho"
Sábado: "North by Northwest"
Domingo: "The Birds"

LN disse...

O 39 Steps é o filme mais erótico dele... é uma pérola, argumento, interpretação, cenários, tudo. :)

O Rear Window é muito provavelmente o mais sofisticado, e o North by Northwest é como um baile de salão, a bailarina é o Hitch, e que dança...

Devia ser o nosso Presidente da República.

LN disse...

Ah, e o 39 Steps existe em DVD, e português. Mas é raro... Eu tenho-o. :p De uma editora estrangeira que comprei na net, mas teem, sabe-se lá porquê, legendas em PT, e ainda bem.

My One Thousand Movies disse...

Vertigo para mim.

Anónimo disse...

Talvez o Frenzy

Sam disse...

Eu divido-me mais entre VERTIGO ou NORTH BY NORTHWEST.

Cumps cinéfilos.

Ju B. disse...

Me falta assistir alguns, mas tenho um carinho especial por "The Man Who Knew Too Much"(2ª versão) por ser o primeiro de Hitchcock que assisti.
Mas acho que o que mais me envolveu até hoje foi "Dial M For Murder".
Bjs!

Jorge disse...

Para mim, e dos que vi, elego o Psycho e o Rebecca (este tantas vezes esquecido). Mas todos os falados são grandes filmes. A carreira de Hitchcock é muito equilibrada, daí a dificuldade de um exercício como este.

abraço

Rato disse...

Repara, caro Álvaro, como uma simples pergunta consegue mostrar uma evidência - a de que Hitchcock foi mesmo um mestre absoluto da arte de fazer cinema. E o curioso é que ele só foi reconhecido como tal quando aquela equipa fabulosa dos Cahiers du Cinéma do final dos anos 50 (Truffaut, Rivette, Godard e por aí fora) desatou a elogiar todos os seus grandes filmes. Antes disso Hitchcock era apenas considerado um realizador vulgar que pregava uns sustos às plateias.

João Palhares disse...

O meu preferido, e acho estranho ninguém o ter referido aqui, é o Notorious.

Rodrigo Mendes disse...

A SOMBRA DE UMA DÚVIDA!RS

hg disse...

Estou com o João Palhares. Na estranheza e na opinião. A ter que escolher apenas um, votaria no Notorious.

João Bizarro disse...

Entre esses 2, o Spellbound. Mas tem outros fabulosos.

Enaldo disse...

Eu voto no Rear Window. Cornell Woolrich é o que há.

Brando disse...

Marnie, Strangers on a Train e o Mentira são para mim os melhores.
E concordo, Hitch para Presidente da República e a Ingrid Bergman como primeira-dama xD