17 de janeiro de 2011

Qual o melhor filme do Coppola? Eu estou inclinado pró Rumble Fish.

14 comentários:

João Gonçalves disse...

pergunta complicada. Gosto muito da trilogia Godfather. O mesmo para o Rumble Fish e o The Outsiders também. Acho o One from the Heart belíssimo. O The Conversation é para mim uma obra-prima. Apocalypse Now também.

Mas hoje, escolheria o Peggy Sue Got Married. Não perguntes porquê.

Rato disse...

Ou seja, segundo a definição exposta no Cineroad, a "sua obra-prima"! O problema é que Coppola, ao contrário de 95% dos realizadores (não fiz as contas, mas sou capaz de não andar muito longe), tem mais de uma obra-prima ("na minha opinião", como parece ser salutar e moralmente correcto dizer-se...) na sua brilhante filmografia.
Assim sendo, escolho três das "minhas obras-primas coppolianas preferidas" (não me consigo decidir por nenhuma delas), que na verdade são 5:
- "Apocalypse Now"
- "One From The Heart"
- "The Godfather Trilogy" (uma designação pomposa mas que dá muito jeito para incluir os 3 filmes. Até porque ao contrário do que normalmente se pensa, o terceiro capítulo é indissociável de toda a obra).
O "Rumble Fish" viria logo, logo a seguir.

Álvaro Martins disse...

João, que te está a dar ;) também é muito bom filme, aliás, todos os que mencionaste.

Rato, essa da obra-prima é obra eheh sim o Coppola é dos poucos (lá nos states) que têm mais de uma "obra-prima", actualmente. Até à década de sessenta ainda havia um punhado deles sempre, mas agora ui ui. Mesmo assim continuo a achar essa percentagem exagerada eheh mas há muitos que nem um filme bom têm (quanto mais obra-prima), e mesmo no ceio da grande Hollywood, com fama de génios eheh. Obra-prima é uma obra (seja o que for) que atinge a perfeição (ou quase pois não sei se haverá alguma que a atingirá). O resto são balelas pros meus ouvidos.
Quanto ao Coppola, acho o The Outsiders quase tão bom quanto o Apocalypse Now e o Rumble Fish. Também gosto dos Godfathers mas acho que são mais presos pela indústria, não sei se me faço entender, mais comerciais (se bem que são todos). Não desfazendo é claro, sobre a máfia é dos melhores. Ah e nunca vi o One From The Heart :(

Rato disse...

Concordo que os 95% são mesmo capazes de estarem exagerados. Mas hoje estou em dia "bom", eheh.
Nunca viste o "One From The Heart"? Essa não! Corre atrás dele logo que possas - é o filme "maldito", aquele em que Coppola colocou todo o seu amor pelo Cinema, contrariando tudo e todos, pelo que iam dando cabo dele por isso. Já comentei essa odisseia, pelo que se estiveres interessado, basta ires ao blog do Rato.

My One Thousand Movies disse...

Pergunta complicada, que pode ser respondida de duas maneiras.
Se formos availar o filme pela arte, penso que será o Padrinho (1 ou 2). Agora se escolher pelo meu coração não tenho dúvidas que é o "One From the Heart", que está por certo no meu top 10 de todos os tempos. A seguir, talvez o "Rumble Fish".
Coppola tem uma carreira rechada de grandes pequenas obras, ou filmes que foram mal recebidos injustamente. O "Tucker" por exemplo, é uma grande pérola, assim como o "The Outsiders". Para não falar do Cotton Club".
Eu pergunto uma coisa: como é que ele será visto daqui a 50 anos? Por certo muito melhor do que agora...

Álvaro, devo dizer-te que és tramado com estas perguntas... ;)

Sam disse...

Relativamente ao RUMBLE FISH, prefiro O PADRINHO (partes I e II), THE CONVERSATION, APOCALYPSE NOW, COTTON CLUB, BRAM STOKER'S DRACULA ou TETRO.

Mas o RUMBLE FISH é, também, um óptimo filme...

Cumps cinéfilos.

Álvaro Martins disse...

Rato, vou tratar disso ;)

Chico, nem me lembrava do Cotton Club, também um dos meus Coppolas preferidos. Daqui a cinquenta desconfio que... sei lá, talvez o oposto, será visto como um génio ou coisa parecida eheh passa do oito pro oitenta :) não me admirava nada

Ricardo Vieira Lisboa disse...

The Conversation

Argonauta disse...

do coppola?? o dracula é o melhor sem duvida. o padrinho e o apocalipse now são sobrevalorizados

Sam disse...

Ler "O Padrinho", "Apocalypse Now" e "sobrevalorizados" na mesma frase é, no mínimo, surpreendente...

João Palhares disse...

A obra-prima do Coppola é o The Conversation. Ah, quanto adoro o The Conversation!

Álvaro Martins disse...

Tenho de ver o The Conversation e o One From the Heart :)

João Lameira disse...

É difícil não balançar entre "The Godfather II", "The Conversation", "One from the Heart", "The Outsiders ou até pelo "Peggy Sue Got Married". Mas hoje vou pelo "Tetro", que é um filme assombroso.

Zé Bomba disse...

Apocalypse Now