11 de setembro de 2010

High Noon (1952)










A moral de High Noon é o pessimismo de Zinnemann relativamente ao ser humano. Não é só a cobardia que é exposta, mas também a tendência do ser humano em fugir do perigo ao invés de o enfrentar, a ingratidão e a capacidade do Homem em condenar (leia-se também abandonar) o aparentemente mais fraco. Leone veio buscar muita coisa aqui, tanto para a sua trilogia dos dólares como para o Once Upon a Time in The West. E High Noon é indubitavelmente um dos melhores westerns de sempre.

7 comentários:

Rato disse...

Coincidência, Álvaro?
Mais uma vez de acordo contigo

Álvaro Martins disse...

Não Rato, não é coincidência. Foi depois de o teres referido na nossa "discussão" que o vi, já há muito tempo que andava a adiar o visionamento ;)

Neuroticon disse...

Fiquei cheio de vontade de ver isto!

Um aparte, onde arranjaste Berlin Alexanderplatz?

Abraço ;)

Álvaro Martins disse...

Neuroticon, se gostas de westerns vê o filme. É muito bom.
Quanto ao Berlin Alexanderplatz (essa monstruosidade genial eheh) vai aqui: http://trixxx.com.br/?p=3818 - tens por torrents ou por rapidshares ;)

Álvaro Martins disse...

Isto é que foi coincidência, acabar de ver o Der Amerikanische Soldat e tu falares do Alexanderplatz aqui :)

Anónimo disse...

Sérgio Leone foi um grande diretor de filmes! esse faoreste deve ser excelente! ainda mais com a presença de Gary Cooper! Marcos Punch.

Jorge disse...

Sem dúvida um grande filme. Gostei bastante, e sendo que a mensagem é muito importante, tem também aspectos técnicos muito bons, nomeadamente a fotografia e a magnífica banda sonora.

Dos melhores Westerns que já vi!

abraço