21 de agosto de 2010

Hoje lembrei-me do Batman do Tim Burton e de como o do Nolan lhe fica a léguas. E o Ledger (por mais que queiram pô-lo nos píncaros) não chega aos calcanhares do Nicholson.

8 comentários:

João Gonçalves disse...

Gosto muito do Batman do Burton, aliás ele faz de Gotham City em mais um dos seus fantásticos universos que só ele sabe criar.
Quanto ao Joker, pessoalmente gosto muito de ambos. São diferentes, ambos muito bons à sua maneira.

E claro que os Batmans do Nolan ficam a léguas do filme do Burton.

Flávio Gonçalves disse...

Não concordo... Gosto do Batman do Burton mas os do Nolan interessam-me mais, pela densidade da narrativa e como o conceito é pegado. E o Ledger é sinceramente melhor. Mas é como o João diz, são diferentes.

João Palhares disse...

Prefiro o Joker do Ledger, acho que capta muito mais o espírito da BD. Claro que os Batmans do Burton são os Batmans do Burton e o Batman Returns é insuperável...

My One Thousand Movies disse...

Hehe. Concordo plenamente contigo Álvaro.
Pefiro 100 vezes o ambiente criado pelo Burton do que o do Nolan.
E o Nicholson merecia um Óscar por aquela interpretação.

P.S. Mas o Burton anda a desiludir-me...

Álvaro Martins disse...

Também a mim Chico. Este Alice então...

King Mob disse...

O Batman quer de um quer de outro são ambos fraquinhos. Os vilões no entanto são uma história completamente diferente.
O Nolan é muito superior nesse aspecto. Ele consegue transpor muito bem a psicologia e caracterização actual das personagens da BD para o cinema. Nesse aspecto o Joker do Ledger está muito acima do Nicholson. Nem tem comparação. Quando muito podia-se dizer que o Joker do Nicholson é mais fiável ao Joker de décadas atrás. Completamente ultrapassado.

aPAULOf disse...

O Joker de Heath Ledger é muito bom para o filme de Nolan e serve-nos um verdadeiro oposto de Batman... mas é injusto dizer que a sua actuação é melhor que a de Jack Nicholson no "Batman" (1989) de Tim Burton.
Nicholson representou também memorávelmente mas num estilo que servia com perfeição a fantasia de Burton. Da mesma forma que Ceasar Romero servia de forma cómica as aventuras da série de TV e filme dos anos 60, que eram filmes muito mais cómicos e icónicos adequados a esse tempo. Perante a nossa época e perante o estilo do filme o Joker de Haeth ledger está perfeito. No entanto, este Joker não ficaria bem, ou destoaria nos filmes de 1989 ou dos anos 60. Os tempos evoluiram e este Joker reflete essa evolução.
The Joker no cinema: é injusto comparar as diferentes encarnações do inimigo de Batman

Obs: Fiquei super aborrecido com o desabafo acerca dos três tipos de cinéfilos no mundo. Era escusado. Enfim...

Álvaro Martins disse...

Pois é aPAULOf, há muita coisa escusada no mundo e inclusive pela internet fora...

Quanto ao Joker do Ledger, não é que seja má interpretação (bem pelo contrário, é a alma do filme), prefiro muito mais a interpretação do Nicholson mas tenho de ver outra vez o Dark Knight para ver se mudo um bocado a opinião.