20 de agosto de 2011

Só umas palavrinhas sobre alguns filmes (ou projectos de filmes) que aí vêm: o Cisne da Villaverde deixa-me bastante expectante e curioso. Fala-se também, e cada vez mais, em remakes de filmes do Peckinpah, no comments. No comments também para a sequela do Blade Runner (cheira-me que agora é que o Scott vai mostrar que ter feito o Blade Runner foi coisa que lhe caiu do céu!!!). Quanto a Malick, sem ainda ter visto o seu The Tree of Life, começo a estranhar (e a desconfiar) tão movimentada agenda cinematográfica.

5 comentários:

Enaldo disse...

Eu me recuso a ver uma sequência de Blade Runner. Quanto ao filme de Malick, a que assistirei na próxima semana, o comentário que prevalece na crítica paulista e carioca é o que filme é meio carola.

Já Melancolia tem despertado mais o interesse.

My One Thousand Movies disse...

Mais bad news...Ouvi dizer que o Tony Scott quer fazer um remake do Wild Bunch... Que ódio!!!!

Sam disse...

O Cisne já vi e, infelizmente, parece não ser Teresa Villaverde em topo de forma...

Quanto aos remakes, concordo contigo.

Não há certezas se o Scott vai assinar uma sequela, prequela, remake ou outra coisa qualquer. Até agora, apenas se fala em "projecto"...

P.S.: já se sentia saudades dos desabafos... :)

Álvaro Martins disse...

Enaldo, eu tenho muita mais curiosidade no filme do Malick do que no do Trier.

Chico, como dizem os brasucas, bota ódio nisso eheh

Sam, fico triste porque gosto muito do cinema da Villaverde.

Sam disse...

Também gosto muito da Villaverde, daí o meu desapontamento. Mas ainda lhe vou dar uma segunda oportunidade, porque o vi a partir de uma cabine de projecção, que nunca é o melhor sítio para avaliar um filme.

Mas do que vi d'O Cisne, parece que a Teresa Villaverde está longe dos fulgurantes Os Mutantes ou Transe...

Já agora, quero tanto ver o do Malick como o do Trier! :)