28 de janeiro de 2010

Mystic River (2003)


Ontem revi o Mystic River.
Pois, passou na rtp1 não foi?
Foi. Já lá vai o tempo em que via regularmente filmes na televisão mas ontem por acaso liguei a televisão, estava a dar o filme e aproveitei.
Então, que dizes?
Ó pá, Mystic River é, num âmbito geral, um bom filme. Tem planos interessantíssimos, interpretações de grande nível, tem a nível técnico o que se espera dum mainstream. É bom, coerente, linear. Acima de tudo é um thriller, dramático é certo, mas é um thriller, um filme de detectives.
Sim, mas quanto a mim, Eastwood já fez melhor antes e depois deste Mystic River, não achas?
Concordo, o Unforgiven e os dois filmes sobre a segunda grande guerra são indubitavelmente melhores. Mais profundos, mais moralistas, menos “clichezados” se é que lhe podemos chamar assim.
Exacto.
Mas Clint Eastwood sabe filmar, sabe contar uma história. Isso é irrefutável.
Tens razão. E mais, há algo na condução narrativa, na maneira de filmar, sei lá, há ali algo que Eastwood cria que fica numa linha ténue entre o mainstream e o cinema de autor percebes? Não sei explicar mas, sinto que, embora Eastwood não queira fugir a Hollywood, porque não pode, porque cresceu lá como actor e nasceu como cineasta percebes?, mas sinto que tenta sempre ,e desesperadamente, fugir ao mainstream moderno, ao facilitismo cinematográfico de Hollywood. Eastwood tem uma forte influência em Ford, em Hawks. Isso é claro como a água.
É isso mesmo. Eastwood é da velha escola, da velha guarda. Se Mystic River tivesse sido realizado por outro senhor qualquer de Hollywood seria um blockbuster, seria certamente uma bodega com fins meramente lucrativos não achas?
Completamente.

3 comentários:

Fifeco (Filipe Ferraz Coutinho) disse...

Quanto a mim é do melhor que Eastwood já fez. Como foi referido, ele conta uma história como nenhum outro cineasta o faz nestes dias.

Esta é, por sinal, dotada de interpretações incríveis e uma dimensão dramática sufocante. Foi dito na conversa que é um filme de detectives. E se for? Deixa de ser bom por tal consideração?

LN disse...

O tio Eastwood é como um gay homofóbico.

Álvaro Martins disse...

Pois Filipe, estamos mesmo em desacordo. Além dos que referi, também Million Dollar Baby e The Bridges of Madison County são, quanto a mim, melhores que este.

Não disse que contava uma história como nenhum outro cineasta o faz actualmente. Disse simplesmente que sabe contar uma história, sabe filmar. É diferente. Quanto à tua afirmação, e não inferiorizando a qualidade do senhor, aconselho-te a descobrires alguns cineastas que andam por aí.

Quanto ao ser filme de detectives, o que para mim é óbvio, não implica que faça com que o filme seja mau. Até porque, já que leste o texto, está bem vincado que acho Mystic River um bom filme.