1 de setembro de 2011

Ainda sobre Bigger Than Life, e salientando a imagem do post anterior, ressalva-se a sombra de Ed Avery que denota a sombra de Abraham Lincoln, a que vem o propósito do que Adrian Danks fala, a ilusão do poder e da grandeza e a sua metáfora.

2 comentários:

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Talvez a melhor atuação do insosso James Mason...

O Falcão Maltês

Enaldo disse...

Sensacional, não tinha reparado na figura de Lincoln.

E eu também acho James Mason insosso, um ator muito do sem-graça, rs...